1 / 0

News construtora jn

News construtora jn

Cadastre seu e-mail e fique por dentro
das novidades da Construtora JN

Design biofílico nos imóveis da Construtora JN

Fireplace do Casal Batel, empreendimento da Construtora JN

Tempo de leitura: 5 minutos

Cada vez mais o design de interiores tem priorizado a integração de elementos que criam ambientes naturais, a fim de proporcionar aos ocupantes uma conexão com aspectos que elevam a saúde e o bem-estar.

Nesse contexto, o design biofílico – incorporado pela Construtora JN em seus empreendimentos – vem tornando-se uma tendência cada vez mais presente nos lares contemporâneos, com uma proposta que beneficia a qualidade de vida de diversas formas. Confira abaixo!

A tendência do design biofílico

Em projetos arquitetônicos, o design biofílico incorpora em ambientes modernos elementos que remetem à natureza, para reconectar as pessoas com espaços naturais, tornando-os parte do dia a dia.

O tempo de permanência em ambientes internos representa 90% do tempo da vida das pessoas – sendo apenas 10% passados em ambientes ao ar livre. Por isso, o design biofílico aplica aos interiores estratégias que criam espaços benéficos para o bem-estar mental e físico, mais próximos da natureza.

Unindo bem-estar humano e tendências sustentáveis, o design biofílico estimula sensações positivas nos ocupantes por meio da inclusão de recursos naturais que variam de luz solar e vegetação até o uso de formas botânicas e revestimentos naturais.

Proximidade com a natureza e com paisagens

As vantagens do design biofílico aplicado no dia a dia

Uma das estratégias implementadas pelo design biofílico refere-se ao acesso a vistas e paisagens naturais, que levam equilíbrio aos ambientes internos.

Um empreendimento que ilustra essa tendência é o A.I.R. Cabral – além de contar com um belo projeto paisagístico, está situado na quadra mais verde de um dos bairros mais arborizados de Curitiba, proporcionando assim paisagens cercadas de natureza.

Outro método do design biofílico é oferecer um contato com a natureza que agrega benefícios à saúde mental, como queda do estresse, relaxamento, melhora das atividades respiratórias e sensação de bem-estar.

No projeto paisagístico do Casa Batel, outro empreendimento da Construtora JN que incorpora o design biofílico, os moradores terão contato diário com a natureza por meio de espécies nativas com bela floração, além de aromas e frutas que irão atrair pássaros e compor uma paisagem com inúmeros tamanhos, texturas e tons de verde.

Ventilação e qualidade do ar

Outra estratégia empregada pelo design biofílico na arquitetura refere-se a recursos que proporcionam circulação de ar e ventilação cruzada nos interiores.

A predominância de portas, janelas, claraboias e áreas externas ou a presença de sistemas HVAC, por exemplo, promovem a troca ideal de ar em ambientes internos, evitando o acúmulo de resíduos e tornando os espaços mais saudáveis e refrescantes.

No A.I.R. Cabral, terraços, varandas, sacadas, amplas janelas e espaços ao ar livre favorecem a circulação e a qualidade do ar interno, o controle da umidade e o conforto térmico dos moradores. Essa vantagem ainda é ampliada devido à região arborizada na qual o empreendimento está situado, o que promove a constante renovação e filtragem do ar.

Iluminação natural

Vista interna do Garden Casa Batel – JN
GARDEN VISTA INTERNA – CASA BATEL

A incidência de luz natural nos interiores é um dos fatores determinantes para a saúde e bem-estar promovidos pelo design biofílico. Em termos de saúde, ela favorece o ritmo biológico, o humor, a qualidade do sono e a recepção de vitamina D, essencial para o sistema imunológico.

A salubridade dos ambientes internos também é contemplada pela incidência de luz solar, visto que esta exerce função bactericida nos interiores, tornando-os mais saudáveis. Em doses adequadas, a iluminação natural também favorece o conforto lumínico dos ocupantes, estimula a sensação de bem-estar e evita fadiga visual e quedas de desempenho.

Tanto no A.I.R. Cabral como no Casa Batel, a luz natural permeia todos os ambientes e abraça os espaços comuns, criando uma atmosfera de aconchego e bem-estar e destacando a beleza arquitetônica e o design exclusivo dos projetos.

Materiais e cores comuns ao design biofílico

Outros elementos que proporcionam conexão e proximidade com a natureza nos interiores são materiais naturais e cores. Tonalidades que remetem à natureza, como tons de verde ou tons terrosos, são características do design biofílico, bem como cores neutras que agregam equilíbrio e harmonia visual.

Materiais como madeira, cerâmica, pedra e bambu também são aplicados tanto em áreas internas quanto externas, a fim de levar a estética da natureza às construções urbanas. No A.I.R. Cabral, a predominância do vidro, a madeira maciça que reveste o piso das áreas íntimas e o porcelanato nas áreas sociais fazem alusão aos materiais naturais na arquitetura.

Nas salas e cozinhas dos apartamentos, os porcelanatos ressignificam o concreto em seu estado aparente. E, nos banheiros, integram um design que reproduz o desenho da rocha natural.

Dessa forma, mesmo em meio aos centros urbanos, o design biofílico aproxima os moradores de elementos que remetem à natureza ou que a tornam parte do cotidiano, gerando equilíbrio e bem-estar a longo prazo.

Leia mais: Residências suspensas: tendência que resgata a alma da casa

Fonte: Revista Casa e Jardim e Archtrends

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será compartilhado. campos marcados com * são obrigatórios.