1 / 0

News construtora jn

News construtora jn

Cadastre seu e-mail e fique por dentro
das novidades da Construtora JN

Brasil caminha para o maior boom imobiliário de sua história

Construtora JN - Brasil caminha para o maior boom imobiliário de sua história

Tempo de leitura: 7 minutos

O atual contexto mundial vem provocando diversas mudanças na economia. Em meio a isso, o Brasil caminha rumo a uma cena promissora no mercado de imóveis. A pandemia, que estimulou novos hábitos e demandas, e a expansão dos créditos imobiliários impulsionam o país para um possível boom imobiliário — que tende a ser o maior já vivido pelo país. Saiba mais abaixo.

Financiamento de imóveis

Construtora JN - Brasil caminha para o maior boom imobiliário de sua história

Um dos principais fatores que favorece esse possível cenário é o grande aumento na disponibilidade de crédito por parte dos bancos. Com a redução da taxa básica de juros (Selic) para abaixo da inflação e próximo a zero, os bancos avistaram a possibilidade de obter um rendimento maior por meio desse tipo de empréstimo e expandiram a concessão de empréstimos.

Em agosto deste ano registrou-se um aumento de 75% em relação ao ano anterior nos financiamentos imobiliários realizados com o rendimento de poupança. Diante de praticamente o dobro da oferta de financiamentos, espera-se que a liberação de créditos cresça ainda mais caso haja uma consolidação da estabilidade financeira da população.

Demanda no mercado imobiliário

Ante esse cenário, a tendência é que ocorra um aumento expressivo na busca por imóveis. Com uma demanda maior, outro efeito previsto é o crescimento do número de empreendimentos lançados pelas construtoras ao longo dos próximos anos. Trata-se de um fenômeno já observado em todos os países onde houve redução considerável das taxas de juros e aumento das opções de crédito imobiliário, como vem ocorrendo no Brasil.

Tendências ocasionadas pelo isolamento

O segundo fator que estimula o mercado imobiliário brasileiro foi impulsionado pela pandemia. Com a quarentena e o isolamento social, novos hábitos surgiram, assim como a reavaliação de prioridades e preferências em relação a imóveis e dinâmicas de trabalho. As pessoas passaram a valorizar mais nos empreendimentos os espaços de socialização, o contato com a natureza e as áreas comuns. Essas e outras demandas tendem a redirecionar os rumos do mercado imobiliário, influenciando nos tipos de imóvel que serão lançados de agora em diante.

Novos hábitos

Construtora JN - Brasil caminha para o maior boom imobiliário de sua história

Quanto às mudanças de hábito, outra potencial tendência tem sido ocasionada pelo trabalho remoto. Devido a ele, surge a preferência por imóveis com espaços para home office ou, nos casos em que o trabalho tornou-se 100% remoto, um movimento de mudança das metrópoles para as cidades no interior ou no litoral.

Empreendimentos com plantas maiores, que ofereçam mais conforto, comodidade e qualidade de vida, também tendem a ganhar cada vez mais força. Um exemplo de imóvel que proporciona amplitude suficiente para as famílias é o A.I.R. Cabral, que contempla 6 tipos diferentes de plantas e metragens que variam de 190 m² a 320 m².

Assim, devido à expansão das linhas de crédito imobiliário disponíveis, às mudanças na configuração dos imóveis e às taxas de juros próximo a zero, a expectativa é que haja no Brasil um boom no mercado imobiliário tal qual já ocorreu em contextos semelhantes, em países como EUA e Japão.

Leia mais: As vantagens de morar em uma cobertura

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será compartilhado. campos marcados com * são obrigatórios.